Esporte e Educação: Jogos da Castanha começam hoje e seguem até dia 24

42

Iniciaram nesta terça-feira, dia 14, os Jogos da Castanha de Marabá, que envolvem estudantes das redes pública, privada e até federal. Ao todo, cerca de 1.500 alunos do município estão disputando nove modalidades em cinco espaços esportivos diferentes.

O evento é coordenado pela SEMED (Secretaria Municipal de Educação), mas tem a parceira da SEMEL (Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. Segundo a coordenadora do Departamento de Educação Física da Secretaria, Cinthya Amazonas Tenório, o evento tradicional é uma celebração de final de ano e muito reconhecida pelos professores de educação física e aguardada pelos alunos.

Cinthya Tenório explica que os Jogos da Castanha funcionam como confraternização dos estudantes ao longo dos anos, uma vez que, durante a realização das competições, os alunos, desde o nível fundamental ao ensino médio, têm a chance de continuar o aprendizado fora da sala de aula e, assim, por meio do esporte, aprendem princípios como a coletividade e a disciplina.

As modalidades que estão em disputa são futsal, handebol, vôlei, basquete (coletivas), e as individuais judô, atletismo, natação, xadrez e tênis de mesa. No próximo sábado, 18, os estudantes vão participar de competições de atletismo, que serão realizadas na Estação Conhecimento, da Vale, no núcleo São Félix. As modalidades de quadra são realizadas nos ginásios da Folha 16 (Nova Marabá), no Dequinha (núcleo Cidade Nova) e Osorinho (Velha Marabá).

As competições são disputadas em três categorias distintas. Na Mirim, estão agregados os alunos abaixo de 12 anos. A categoria infantil reúne estudantes do Sub-14, enquanto a Juvenil congrega os sub 17, que geralmente envolve alunos do ensino médio. É nesse grupo, por exemplo, que entram estudantes de escolas estaduais e também do IFPA.

Ainda segundo Cinthya Tenório, o 1º, 2º e 3º colocados em cada modalidade serão premiados com medalhas, enquanto os campeões também receberão troféus. “Agradecemos muito a parceria com a SEMEL e o apoio incondicional do professor Alexandre Barreto nesta competição”, reconhece Cinthya.

Quer deixar um comentário, preencha o formulário abaixo!

Please enter your comment!
Digite seu nome aqui